CEDOM - Centro de Documentação e Memória do Mercado Segurador
Acesse a ferramenta de consulta ao acervo.
Iniciativa
CNseg
Fatos

CNseg, disseminando conceitos essenciais sobre seguros há quase 70 anos 

O compromisso com a disseminação de conceitos essenciais sobre seguros perpassa toda a história da Confederação Nacional das Seguradoras – CNseg. “Tudo que é importante deve ter seguro”, dizia a campanha que circulou de norte a sul do País, há 45 anos. As peças traziam fatos que tiveram ampla repercussão mundial, como a agressão à Pietà, em 21 de maio de 1972.

A escultura renascentista, que retrata a Virgem Maria segurando o corpo de Jesus minutos após ter sido retirado da cruz, foi severamente danificada, tendo o braço e a mão esquerda derrubados após o húngaro Laszlo Toth lhe desferir 12 golpes com um martelo. A obra de Michelangelo também teve o nariz quebrado e outros 100 fragmentos ficaram espalhados pelo chão da Basílica de São Pedro. “Graças a Deus e a um fabuloso seguro feito pelo Vaticano”, a Pietà foi exibida novamente, poucos meses após o ataque, dizia o anúncio da CNseg (DIÁRIO DE PERNAMBUCO…, 1975).

Os conceitos de imprevisibilidade do risco e de infortúnio também estavam presentes na peça sobre a queda da ponte de Tacoma, em julho de 1940, nos EUA: “Feita de materiais leves, o seu vão central, um dos maiores do mundo, parecia resistir a todo tipo de pressão. Quatro meses depois, após um vendaval, a ponte caiu, e com ela foi por água abaixo a confiança no que se pode prever. O improvável acontece. Disso ninguém escapa”, concluía (CORREIO BRAZILIENSE, 1975).

A mensagem traduzia o momento do próprio País, que acabava de sair de uma excepcional fase de crescimento (1968-1973) e ingressava em uma nova etapa de sua história, marcada pelos desafios da crise mundial de petróleo.

Quase cinco décadas após o lançamento da campanha “Tudo que é importante deve ter seguro”, a CNseg celebra uma trajetória marcada pelo comprometimento com a difusão da cultura do seguro no Brasil. Trajetória esta que veio a ser consolidada com o lançamento do Programa de Educação em Seguros, em 2016. O Programa alinha-se à Estratégia Nacional de Educação Financeira – ENEF e visa combater a desinformação sobre seguros, fornecendo informações qualificadas que auxiliam o consumidor na tomada de decisões.

“Uma população mais instruída, e que planeja financeiramente a proteção do seu patrimônio, por meio de escolhas acertadas, atua como uma mola propulsora para o desenvolvimento do mercado segurador e da própria economia”, afirmou o presidente da CNseg, Marcio Coriolano, em entrevista à edição de nº 898 da Revista de Seguros (THURLER; OLIVEN…2016).

A CNseg também participa desde a primeira edição da Semana Nacional de Educação Financeira – Semana ENEF, realizada desde 2014 com a participação de entes públicos e privados. Em 2018, a Rádio CNseg e os livretos da Série Educação em Seguros da CNseg conquistaram o Selo ENEF, concedido pelo então Comitê Nacional de Educação Financeira – Conef (hoje substituído com formato renovado pelo Fórum Brasileiro de Educação Financeira – FBEF)  em reconhecimento aos projetos de educação financeira, previdenciária e securitária gratuitos e abertos, de interesse público e sem finalidade de promoção comercial.

Na 6ª Semana ENEF, realizada entre 20 e 26 de maio de 2019, a CNseg trouxe uma série de entrevistas e palestras com especialistas sobre temas relacionados ao seguro. Mutualismo, seguro automóvel, residencial, saúde suplementar e capitalização estiveram entre os principais tópicos abordados e, em outubro, lançou o novo Glossário de Seguros, publicação que passou a integrar o Programa de Educação em Seguros,  contribuindo para a ampliar a compreensão dos principais conceitos do setor e das características de seus produtos.

O engajamento da CNseg nesse Programa de Estratégia Nacional de Educação Financeira do Governo Federal se deu principalmente pela necessidade, que o setor reconhece, de promover maior conhecimento do seguro para a sociedade […]”, afirmou Solange Beatriz Palheiro Mendes, Diretora de Relações de Consumo e Comunicação da CNseg, na ocasião (RÁDIO CNSEG… 2019).

O seguro pode ser um poderoso instrumento de educação financeira e é por isso que a CNseg promoverá mais uma vez ações voltadas para a difusão de conceitos essenciais da atividade seguradora e para o fortalecimento da noção de prevenção de riscos, na 7ª edição da Semana ENEF, que neste ano será realizada dos dias 23 a 29 de novembro, em decorrência da pandemia. Em um contexto em que o índice de endividamento e inadimplência das famílias brasileiras apresenta sucessivas altas, educar nunca foi tão fundamental.

Correio-Braziliense-DF-Edicao-04593-pagina-8-24-de-julho-de-1975.
Diario-de-Pernambuco_10.07.1975_Edicao-00183_p.10.
Michelangelos-Pieta_Wikimedia-Commons.
Tacoma-Narrows-Bridge_2010_Wikimedia-Commons.

Compartilhe nas redes sociais

Outros destaques

Fatos

A construção de uma cultura de inovação no setor de seguros

2022

A CNseg desempenha um papel historicamente relevante no processo de inovação do mercado de seguros.

Fatos

Principais realizações da CNseg nos últimos seis anos, e perspectivas para o futuro

2022

A CNseg, prosseguirá avançando neste cenário disruptivo…

Fatos

A sustentabilidade presente na agenda do setor de seguros

2021

O mercado segurador do Brasil é uma das lideranças em sustentabilidade no mundo.

Fatos

Cinco anos do Programa de Educação em Seguros

2021

Criado com o propósito de levar conhecimento estruturado

Fatos

O papel de Luiz Mendonça na disseminação da cultura do seguro

2021

Luiz Mendonça ingressou no mercado de seguros em 1939, na Seguradora Indústria e Comércio

CLIQUE AQUI E ACESSE O ACERVO HISTÓRICO VIRTUAL